23
Set 11

 

Serei eu um Escritor...

 

Serei eu um Escritor, perguntei-me ainda ontem, depois de ter sido vivamente criticado, por alguém não Escritor que, com a sua predadora contundência, me obriga a defender, escrevendo este singelo texto.

 

Sou e serei eternamente um Escritor de Obra reconhecida e Registada, nunca Publicada em Livros, porque os meus parcos proventos mensais, nunca deram para assim me exibir.

 

Para que se quebrem todas as dúvidas, aqui vos noticio pela primeira vez, minhas filhas, netos e vindouros, que este meu legado é só vosso, para que possam fazer dele aquilo que mais desejarem, quando neste belíssimo Planeta Azul, um dia, meu corpo morrer, e meu espírito se quedar eternizado, pelos meus Escritos Peregrinos. Uns, já publicados, outros, ainda sem ver a Luz dos Dias Vindouros.

 

« Copyright © 2004/2011 – Peregrinações.Net – Textos e Poesias sem Rima de Raízes Populares – Proc. Nº 5639-2004/20011 do Ministério da Cultura, Inspecção-geral das Actividades Culturais.»

 

Partilharei sempre meus ideais de vida

Com todos que me desejarem ler

Sem lhes pedir ajudas financeiras

Com a venda dos meus livros

Quando esta Obra fui registar

Subtilmente fui admoestado

Por escrever com e sem pontuação

Textos e Poemas sem Rima

Minha resposta não se fez tardar

Perguntei ingenuamente

Se alguma das Obras do nosso querido Saramago

Havia sido rejeitada por falta de pontuação

Talvez um dia destes meta pés a caminho

Vá de Editor em Editor novamente

De chapéu na mão e ar humilde

Para que me promovam em Livros de Papel

Já que pelos bites e bytes da Internete

Castiçamente me autopromovi

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-09-23

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 09:59
sinto-me: muitissimo feliz, por vós!

Muito bem, Marcolino!
Zilda Cardoso a 22 de Outubro de 2011 às 14:43

Obrigado, Zilda!

desculpe a minha ausência, Marcolino... ausência que que não se tem prendido com motivos de saúde como a sua que, mesmo precária tantas vezes, não o impede no entanto de manter o seu optimismo, força e trabalho!
Queria deixar um beijinho de desejo de melhoras dessas complicações que a malvada diabetes tantas vezes trás e que não merece!
Continue... Força!
Sempre,
Isabel
Isabel Maia Jácome a 23 de Outubro de 2011 às 23:25

Isabe, obrigado pela sua visita e por ter deixado este comentário que me ajuda a ultrapassar esta situação que, considero eu, seja tão curta quanto desejamos!
Abraço
Marcolino

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO