28
Nov 11

 

Asco de Vida...

 

Asco de Vida...

Porquê dizes tanto mal da Vida

Quando ela mal de ti jamais te disse

Asco de Vida

Dizes-lhe ferindo de Morte tua Vida

Culpabilizando a Vida Universal

Em vez de te nos dares a conhecer

Mostrando-nos quão carrasco tens sido

Não só para os que te rodeiam

Mas também para ti mesmo...

Asco de Vida...

Porquê dizes tanto mal da Vida

Quando ela mal de ti jamais te disse

Tens sido Cruel para contigo

Tua Crueldade a todos nós trespassa

Escondendo-te sob a capa da Mentira

Asco de Vida...

Porquê dizes tanto mal da Vida

Quando ela mal de ti jamais te disse

Porquê dizes tanto mal daquela Vida

Que ao teu Ser Vida lhe deu

Criando a eterna dúvida ao redor

Dizendo que à Vida que ao teu Ser Vida deu

Tudo lhe perdoaste incondicionalmente

Mas que de medos filhos da Mentira

Ainda nutres à Vida que ao teu Ser Vida lhe deu

Asco de Vida...

Porquê dizes tanto mal da Vida

Quando ela mal de ti jamais te disse

Asco de Vida

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-11-28

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 07:08
sinto-me: bem feliz...!!!

Marcolino
Meu amigo, existem pessoas assim...Mas sabe o que é pior ? É perceber que se envelhece neste registo, nesse azedume e não se cresce, nem se evolui..
Há quem parta, tristemente, sem saber ao que veio.
Pena é que no processo, façam sofrer os outros.
Abraço e é bom poder voltar a lê-lo.
Marta M
Marta M a 1 de Dezembro de 2011 às 16:31

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
25
26

27
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO