16
Mar 12

 

Sentei-me junto à Estátua…

 

Sentei-me junto à Estátua

Numa das esplanadas lisboetas

Olhei em redor

Só vi a Estátua de um tal de Pessoa

Cumprimentámo-nos em silêncio

Quedou-se mudo como sempre

Resolvi imitá-lo

Quedo e mudo por ali permaneci

Até me cansar de mudo e quedo estar

Sorri-me amargamente

Só de ter pensado

Na quanta solidão vive e reina mundo fora

Vejamos então

Quantas estátuas por este Mundo existem

Gente feita Estátua de Pedra nada apessoada

Gente de semblante cerrado

Gente sem desejar conversar

Gente olhando apenas para seus umbigos

Gente que nem dá que lhes sorrimos

Gente que não corresponde ao nosso cumprimento

Gente que vocifera mas nunca apresenta soluções

Gente que de outras gentes não é capaz de gostar

Sentei-me junto à Estátua

Numa das esplanadas deste meu bairro

Olhei em redor

Só vi em cada mesa estátuas isoladas

Olhando vagamente em redor

Mergulhados nos seus pensamentos

Rostos preocupados

Rostos feridos pelas suas vivências diárias

Rostos sulcados de rugas profundas

Rostos pouco amigáveis que afugentam quem os olha

Sorvi dois goles de café

Acendi um cigarro

Aspirei o doce fumo

Tossi violentamente

Uma das estátuas na mesa ao lado perguntou

É da Gripe

Respondi-lhe prazenteiramente

Não

Nada disso

É  a maldita tuberculose que não me larga…

Continuei a fumar tranquilamente

Fazendo argolinhas de fumo

Tossi com violência de propósito

A estátua sentada na mesa ao lado nada me disse

Fiquei satisfeito

Mais valia estar calada no seu papel de estátua

Do que escutar meu tossicar de quando em vez

 

© M. Osorio

 - Peregrino -

  2012-03-16

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 05:59
sinto-me: um não estátua...!

Gostei, bom dia, Marcolino.

Apesar de tudo, mesmo com estátua malencarada, não estava só.
A maior parte das pessoas, sejam ou não Pessoa, são estátuas malencaradas. Não sorriem para os outros, não os vêem sequer, não parecem dispostos a concordar que o dia está cheio de sol e que vale a pena gozá-lo...
Mas há quem veja e esteja disposto a ajudar, quem queira saber da tosse...
Zilda Cardoso a 19 de Março de 2012 às 08:31

Obrigado, Zilda!
Abraço
Marcolino

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO