08
Mai 12

 

Nunca digas…

 

Nunca digas

Que destas águas não beberei

Dei comigo

Já quase no fim da minha caminhada

A pensar distraidamente

No nunca digas nunca

Sorri-me ingenuamente

Porque de todas as águas tive que beber

 

© M. Osorio

 - Peregrino -

  2012-05-08

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 05:49
sinto-me: regressado...
tags:

Nunca digas nunca! às vezes é triste, por vezes, é bom!
Abraço, caro amigo.
ZC
Zilda Cardoso a 8 de Maio de 2012 às 08:45

Olá Zilda!
Pois é, as nossas vidas dão para pensar naquilo que por nós foi vivido, no que se vive actualmente, para que sejamos mais felizes, num futuro que se adivinha de águas menos claras...
Abraço
Marcolino a 8 de Maio de 2012 às 14:14

Nunca digas nunca! às vezes é triste, por vezes, é bom!
Abraço, caro amigo.
ZC
Zilda Cardoso a 8 de Maio de 2012 às 08:46

Olá Zilda!
Pois é, as nossas vidas dão para pensar naquilo que por nós foi vivido, se vive actualmente, para que sejamos mais felizes, num futuro que se adivinha de águas menos claras...
Abraço amigo
Marcolino a 8 de Maio de 2012 às 14:15

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO