14
Dez 10

 

Preocupar certo Amigo certo...

 

Que me conhece há já 58 anos

Parece que virou cena diária

Porque me esqueço sempre

Puro desleixo apenas e mais nada

De levar o telemóvel comigo

Vá para onde for

Fomos sempre despreocupados

Reinadios e estouvados

Acima de tudo e todos

Amigos e Cúmplices inseparáveis

Para o ano ele já faz setenta

E eu os que ele já tem hoje

Já nos vimos em palpos de aranha

No Liceu

No Desporto

Na Guerra

Na Vida

Na saúde

Tudo superámos com alegria e pés ligeiros

Mas hoje sentimo-nos bem mais perto do fim

Olhamo-nos nos olhos interrogativamente

Como que tentando adivinhar

Onde

Quando

Como

Nossos corpos belos e atléticos d'outrora

Foram tomados pela velhice do muito e mau uso

Nossas memórias pregam-nos partidas

Falham de quando em vez

Olha pá

Aquele velho ali sentado foi nosso colega no Liceu

Diz um

Nosso colega no Liceu ... deves estar a delirar

Diz o outro

Grande apagão te está a dar

Diz o primeiro

Então vamos lá perguntar se é ou não quem pensamos

Frente ao Desconhecido

Curiosamente olhando de frente para nós dois

Lá fizemos a tal pergunta sacramental destas ocasiões

N Ã O...!

Respondeu secamente como que correndo connosco...

De sorrisos amarelos regressados aos nossos lugares

Chamamos o garçon para nos servir mais dois uísques

Não só para ajudar a digerir a almoçarada

E já agora porque não o N Ã O do tal Desconhecido

Mas também para nos soltar as línguas

E faze-las contar coisas e loisas daqueles tempos do Liceu

O tal do N Ã O lá partiu rumo à porta

Ainda hoje estamos para saber se seria ou não o tal colega

Nossas memórias pregam-nos partidas

Falham de quando em vez

Nossos estômagos também

Já não digerem como o faziam dantes

Há que comprar pastilhas digestivas para azia quebrar

Olá cá meu Amigão

Não leves a mal esquecer-me do telemóvel

P R O M E T O

De agora em diante levá-lo sempre comigo

Para saber qual dos dois morreu primeiro

A propósito

Quando voltamos ao Torrão

Para uma belíssima Carne de Porco Preto, à Alentejana

Regada com o belo Borba

Como digestivo o nosso Logan

Fica descansado que levarei as pastilhas

E também o meu telemóvel...!!!

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-12-14

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 00:23
sinto-me: amigo deste amigo Certinho...!

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
16
17
18

20
21
23

26
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO