23
Ago 09

Crónicas da Vida Real do Peregrino

 

À cerca das Amas, as nossas Segundas Mães...

 

Inspirado numa Crónica Diária da Jornalista Laurinda Alves, publicada no Jornal i.
 
Vinte e sete anos passados, minha filhota mais novita, por imperativos logísticos, acabou por ficar numa Ama que, segundo se dizia à boca cheia, era pessoa que amava as crianças.
 
Pelos nossos afazeres, depois de ter entrado para o Infantário Oficial, era a Dª. Maria José, a Ama da nossa filhota, ou a Mãe, como a minha filhota a tratava, que a ía buscar.
 
Depois veio a Escola Primária, ali mesmo pertinho da casa da Zézinha.
 
Depois veio a Secundária, C+S Vasco da Gama da Portela de Sacavém.
 
Bem mais tarde, por volta dos 16 anitos, seguiu para o Porto com a Mãe natural, que havia decidido optar pelo divórcio, porque assim se sentiria bem mais feliz.
 
A Ama desta minha filha sempre me estimou bastante. Olhei-a sempre como se do meu sangue fosse
 
Enquanto esteve por perto, visitava-a para saber de si.
 
Um dia soube que estava bastante adoentada e que tinha seguido para a terra, lá para os lados da Sertã.
 
Estranhei. O genro, pessoa das minhas amizades, particularmente, confidenciou-me que a sogra havia contraído Alzeimer.
 
Fiquei triste, Porque esta senhora era uma Mulher excepcional, trabalhadeira, amava o seu próximo e adoptou a minha filhota como se sua fosse
 
Fiquei revoltado. Afinal quem educou a cem por cento este minha filhota, até entrar para a Faculdade, acabou por ficar inválida!
 
Ah..., Mundo Cão...!!!
 
Marcolino Duarte Osório
- Peregrino -
2009-08-23
 
publicado por Marcolino Duarte Osorio às 06:11
sinto-me: Amor de uma Segunda-Mãe...!

Mundo injusto, isso sim. Não "cão". Que os cães reconhecem quem lhes faz bem..a vida por outro lado, às vezes, parece aleatória e faz o que "entende", sem mais.
È por isso que incentivei a minha filha a prosseguir no curso de Direito, é uma forma (muito enviesada e falível, sei-o bem) para ver se se consegue ver justiça feita de vez em quando...
Quanto a si, meu amigo (permite-me?) acredito que é humano com tudo o que isso implica, mas sei (sente-se, lesse ) que tem força e experiência suficiente para ultrapassar mais este obstáculo.
Vá dando notícias a estes novos amigos digitais que, ainda assim, já lhe vão tendo estima ;)
Marta M a 23 de Agosto de 2009 às 17:13

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14

18
19
20
22


31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO