05
Out 09

Mensagem a um Amigo...

 
Nossas vidas se tocaram
Não nas melhores condições
Foste meu companheiro de quarto
Pelos mesmos motivos
Pelas nossas insónias
Acordados ficávamos
Tagarelando um com o outro
Até que o cansaço a um de nós vencia
O vencido adormecia com sono profundo
O outro em vigília ficava
Contamos coisas e loisas das nossas vidas
Um ao outro
Falámos de nós
Falámos da família
Falámos do que calhava
Uma das noites acordei sobressaltado
Com teu respirar descontrolado
Colei um dos dedos a uma campainha vermelha
Veio uma Enfermeira meio ensonada
Apercebeu-se de imediato que bem não estavas
Correu a cortina entre nossas camas
Ela e mais duas tentaram tudo por tudo
Para que dali não partisses só de Alma
Silenciosamente te levaram na cama para algures
Apagaram de novo as luzes
Em vigília me quedei
Olhando os fantasmas das sombras da rua
Que me acenavam dizendo-me um fugaz adeus
Nunca soube onde seria o Céu
Para esta mensagem te enviar
Por isso escolhi o meu Blogue na Nete
Desejando-te tudo do melhor do óptimo
Estejas onde estiveres
 
Marcolino Duarte Osório
- Peregrino -
2009-10-05
 
publicado por Marcolino Duarte Osorio às 02:12

Marcolino:
Algumas pessoas passam pela nossa vida e a vão marcando...
Esse seu companheiro de infortúnio encontrou um forma de permanecer presente nas suas palavras e no seu testemunho.
O seu testemunho da vida e da existência desse seu companheiro de quarto, imortalizando-o aqui, torna-o conhecido também para nós.
Sorte a dele que, no meio de um desfecho mais triste, encontrou um coração que o acolheu e o mantêm vivo de alguma maneira...
Bem-haja
E que tudo o resto lhe continue a correr bem.
Merece.
Marta M a 5 de Outubro de 2009 às 22:28

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
15
17

19
21
22
24

25
27
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO