08
Fev 10

Sonhar acordado...

 
As Vezes
Construímos grandes sonhos
Projectamo-los
Para cima de quem amamos
O tempo vai passando
Até à inexorabilidade
Desiludidos descobrimos
Quão grandes eram os sonhos
Pequeno demais quem amamos
Para aos sonhos tornar realidade
Sonhar acordado
A quem não fez já cicatrizes
De ferimentos por nossa culpa
Só saráveis por nós
Se a isso estivermos dispostos
Reconhecendo humildemente
Que estabelecemos expectativas
Acima das realidades do outro
 
Marcolino Duarte Osório
- Peregrino -
2010-02-08
publicado por Marcolino Duarte Osorio às 02:03
sinto-me: a tomar um cafezinho...!
tags:

Marcolino:
Gosto desta sua forma de colocar em poema sentimentos que, uma vez ou outra, todos experimentam.
Cada vez gosto mais de ler.
Abraço
Marta M
Marta M a 8 de Fevereiro de 2010 às 13:00

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
20

21
22
23
26
27



mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO