25
Mar 10

Bruxarias...

 

Ele há coisas

Nesta vida de todos nós

Quem nem ao pior diabo lembraria

Contaram-me hoje

Como sendo grande verdade

Que uma Bruxa

Daquelas enormes

Gordonas

Horrendas

Se lembrou de unir um casal

Desavindo de há longa data

Obrigando-os a encomendar um nené

Assim o determinou

Assim foi feito

Só que o tal nené

Jurava a Bruxa a pés juntos

Era um rapaz

Pela certa

Os nove meses chegaram

Mais dia

Menos dia

A criança nasceria rapaz

Agora topem só

Como a Bruxa era esperta

À frente de ambos

Simulou uma incorporação

E o seu Guia Mor

Anunciou pressurosamente

Com voz grave e convincente...

Numa espécie de ladainha

Que Deus havia decidido

À última da hora

Que o rapaz

Em vez de nascer com pilinha

Seria uma linda menininha

Marido e esposa

De enxoval azul-bebé

De raiva

Choraram os seus desesperos

E logo dois dias depois

Uma gravidez arrapazada

Virou num parto de uma linda donzela

Mas o mais engraçado

É que ambos os desavindos

Acreditaram no tal milagre

No dia do Baptizado

Lá estava a Bruxa Malvada

A servir de Madrinha

À linda menininha

Que em vez de rapaz

Veio mesmo rachadinha

Bruxarias...

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-03-25

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 02:20
sinto-me: bem disposto...!
tags:

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
23
27

28
29


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO