26
Mar 10

Serei eu um Poeta...

 

Já sei

Já sei

Que para se ser Poeta

Tem que se ter rima

Tem que se ter métrica

Tem que se acertar nas vogais

Tem que lhes juntar as consoantes

Tem que se escrever sem erros

Tem que se interpor entre palavras

Pontos e vírgulas

Dar-lhes ênfase com exclamações

Dar-lhes aquele ar de inquiridor

Com as interrogações

Em caso de dúvida

Recorrer aos prontuários

Gramáticas e dicionários

Tanta coisa para se interromper

Um lindo pensamento

Que o melhor

Companheiros Blogueiros

Não haja dúvida alguma

É escrever como falo

Dedilhar este teclado

Com a leveza dos meus dedos

Que o percorrem

De cima a baixo

Da direita para a esquerda

E vice-versa

Para não perder pitada

Do debitar de ideias

Umas vezes uma a uma

Outras em catadupa

Que me brotam deste meu cérebro

Desde que nasci

Até

Se Deus o permitir

Para lá dos Céus

Sim senhora

Depois de deixar este meu corpinho

Num qualquer Jazigo de Família

Meu espírito estará

Não a prestar contas

Mas a regozijar-se

Com a minha Obra

Feita

Neste lindíssimo Planeta Azul

Onde uns se matam a rimar

Mas outros rimam sem se matar

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-03-26

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 01:29
sinto-me: Iluminado por Deus...!
tags:

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
23
27

28
29


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO