07
Abr 10

Poetar...

 

É dádiva dos Céus

Quer queiramos

Quer não

Porque se nos dermos conta

Nunca alguém desejou poetar

Sem saber ler nem escrever

Mas todos aqueles poetas

Sem literacia

Que nos dão a saber

O que lhes vai nas almas

Sem rabiscar seus livres arbítrios

Mesmo sem saber ler nem escrever

Cantam-nos dia e noite

Tudo aquilo que deveriam escrever

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-04-07

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 22:31
sinto-me: de coração coragem em pleno!

Marcolino:
"Ser poeta é ser mais alto" já o dizia Florbela Espanca e continua a ter razão...
É um talento que me escapa, não consigo "ouvir" a poesia e colocá-la em palavras, apenas a sinto...
O seu ouvido e a sua mão têm esse dom, como lembra Sophia:
"“Encontrei a poesia antes de saber que havia literatura. Pensava que os poemas não eram

escritos por ninguém, que existiam em si mesmos, que eram como que um elemento natural,

que estavam suspensos, imanentes. E que bastaria estar quieta, calada e atenta para os ouvir. (…)

Deixar que o poema se diga por si, sem intervenção minha (ou sem intervenção que eu veja),

como quem segue um ditado (que ora é mais nítido, ora mais confuso), é a minha maneira de escrever. (…)”

Sophia de Mello Breyner Andresen.

Não há melhor forma de descrever um poeta.
Abraço grande
Marta M
Marta M a 8 de Abril de 2010 às 11:03

Olá, Marta!
Um grande, mas para lá dos Céus, obrigado pelo seu rasgado elogio!
Abraço
Marcolino
©Marcolino Duarte Osorio a 8 de Abril de 2010 às 19:33

Marcolino
Poetar é, sem dúvida, uma dádiva dos céus. E vejo que anda numa fase deveras profícua e inspirada. Uma dádiva também. Bom fim de semana para si Marcolino!
descobrirafelicidade a 10 de Abril de 2010 às 12:07

Olá, Teresa!

Obrigado por mais esta sua viisita, que tanto me honra!

Abraço do

Marcolino
©Marcolino Duarte Osorio a 11 de Abril de 2010 às 04:08

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

20
21
22
24

26
28


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO