13
Mai 10

 

 

 

Alardear Ignorância com Maledicência...

 

Não está, nem nunca esteve, nos meus propósitos, fazer referência ao facto de qualquer pessoa, com ou sem grau de literacia, com ou sem grau social, com maior ou menor grau de educação cívica, se dar a conhecer a todo um povo Crente, Ordeiro, Religiosamente Pacifico, como arauto da destruição massiva, e cirúrgica, de uma dada religião, é tão só, porque, além de estarem muito de mal consigo próprios, também sofrem de uma forte dose de falta de amor-próprio, desejando transmitir todo o seu despautério, rancor e ódios recônditos, utilizando como Palco, o Terreiro Sagrado de Fátima, que os acolhe sempre como Filhos de Deus, e como veículo, a todos aqueles que os viam e escutavam, as Tv's deste País, alguns relatos de uma maioria, de infelizes jornalistas, ditos credenciados, sem nível intelectual, sem nível religioso, sem religiosidade alguma, mas Mestrados, e Bem Adestrados, na Destruição dos Bens Sagrados do Povo Português!

 

Se certas considerações, mais acusações, altamente destrutivas, que outra coisa, despropositadas, àquele momento, naquele Local Sagrado, outrora, tão perseguido pelos republicanos, nas primeiras aparições do Sagrado Espírito de Deus, na imagem de uma linda Mulher, baptizada então, pelos 3 Pastorinhos, de Nossa Senhora de Fátima, fossem proferidas dentro do Local da Sagrada da Mesquita Muçulmana de Lisboa, ou mesmo do Local da Sagrada Comunidade Indú de Portugal, então teria sido não um escândalo, mas sim, o inicio, de Guerra Santa, sem tréguas à vista...!

 

Sou e serei sempre um baptizado, porque fui iniciado desta forma, ainda de tenra idade, na Religião Católica Apostólica Romana. Mas, este facto, não me obriga, como Ser Humano Livre, como Deus me criou, a ter que ser Praticante desta mesma Religião.

 

Respeito todas as Religiões. Considero-as um mal necessário para o aperfeiçoamento individual de cada Ser Humano, que busca nelas a Verdade para a sua Paz Espiritual, quiçá cura dos seus males físicos.

 

A todas elas, ao respeita-las, individualmente, as suas Filosofias, as suas Hierarquias, os seus Crentes, os seus Seguidores e quem as deseja Apostolar, mostro-me um Ser Humano liberto de convencionalismos, independente, respeitador e, acima de tudo Homem São, Escorreito, jamais maledicente, jamais destruidor dos Bens Espirituais, pertença, por Opção, de todos os outros Seres Humanos...!

 

Foi triste demais, aquilo que vi, nos olhos de quem falava, e ouvi das suas bocas que, mais pareciam, as Portas Escancaradas dos seus Espíritos vivendo em Inferno...!

 

Cristo perguntou aos seus Apóstolos, referindo-se a Madalena: Aquele que não estiver em Pecado, que lhe arremesse o primeiro seixo...!

 

Senhores Jornalistas, aquele que, de entre todos vós, Seres Humanos, se achar de Raça Superior, em tudo, arremessem os vossos insultos, por palavras, ou em textos, a uma maioria de Seres Humanos que, se vos virem em sofrimento, em dor, à fome, ao relento, envoltos num manto de desafectos, socorrer-vos-ão, desinteressadamente, plenos de Amor pelo Próximo!

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-05-13

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 10:36
sinto-me: de bem com Deus...!

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12

18
19
20
22

24
26
28
29

30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO