19
Out 10

Tudo menos deserdado por Deus...

 

Deserdado por Deus

Foi aquilo que escutei a alguém

Fiquei pensativo

Marejaram-se-me os olhos

Era o que me faltava agora

Ser deserdado por Deus

Ao nascer Deus ofertou-me

Grande Herança

Os chamados Dons de Deus

Para a minha caminhada na Terra

Os usar todos em prole do Mundo

Se jamais me esconder de todos

Da minha verdadeira condição

Estarei a usar todos os Dons

Herdados de Deus à minha nascença

Deus jamais mos tirará

Pacientemente aguardará

Que eu os desenvolva

Para os Partilhar com todos

Quanto mais cedo melhor

Até ao finar do meu corpo

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-10-19

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 02:55
sinto-me: Muito Feliz...!!!

Caro Marcolino,
há muito que acompanho os seus comentários e o seu blogue através dos blogues da Laurinda Alves e da Zilda Cardoso.
Fantásticos! Gosto imenso.
Vir aqui é também uma lufada de ar fresco que nos ajuda todos os dias a ir mais além. Como se de uma lufada de ar fresco se tratasse.
Deixo-lhe o meu blogue - http://joaonunomb.spaceblog.com.br
João Nuno
João Nuno a 23 de Outubro de 2010 às 13:30

Olá João Nuno!
Grato pelas suas visitas «invisiveis» e, ainda mais, pelo seu comentário vindo de um jovem com menos 43 anos que eu, sem conflituidades geracionais...!
Também o tenho seguido, em silêncio, pelos mesmos pontos de encontro, habituais, o seu, o da Zilda e o da Laurinda, de grandes diferenças, mas de um denominador comum: Os Afectos...!
Vá aparecendo que também vou deixando, a parti de agora, a minha impressão gigital nos seus posts!
Abraço
Marcolino
Marcolino a 23 de Outubro de 2010 às 23:20

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14

17
20
21
22
23

25
26
27
29

31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO