02
Dez 10

 

Eu agradeço a Deus...

 

Diariamente

Tudo quanto vivencio

No meu dia-a-dia

Agradecer apenas o Bom

Sempre achei ser lugar comum

Agradecer também o Menos Bom

Dá-me Forças para seguir em frente

Sem me sentir sequer alquebrado

Tanto de Corpo

Como de minha Alma

Nos momentos difíceis revoltava-me

Contra Deus

Ele calava-se

E eu ficava a falar a sós comigo mesmo

Um dia

Cansado deste seu silencio

Resolvi mudar de tática

Passei agradecer-lhe a Força que me dá

Para poder ultrapassar situações menos boas

Mesmo que isso incluísse a perca de alguém

Mesmo que isso incluísse a perca de bens

Mesmo que isso incluísse uma amputação

Mesmo que isso incluísse enfrentar o câncer

Mesmo que isso inclua paraplegia

Mesmo que isso inclua o envelhecimento precoce

Foi nessa altura que reparei singelamente

Que Ele assim gostava bem mais de mim

Sem medos

Sem revoltas

Crente de que o Bom e o Menos Bom

Para poderem Coexistir Pacificamente

Ambos terão que ser aceites

Com inteligência

Com humildade

Com uma certa dose de sabedoria

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-12-02

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 06:31
sinto-me: decoração pleno de alegria!

Saber agradecer é um dom, Marcolino e esse dom acredito que o tem.
Bjinho
Isabel
Isabel Maia Jácome a 3 de Dezembro de 2010 às 19:32

Talvez fazer da vida um hino ao alcance dos outros...seja a melhor forma de agradecimento à vida e pela vida. Creio que me entende.
Um abraço
João Nuno
João Nuno a 6 de Dezembro de 2010 às 02:58

Para a Isabel e para o João Nuno,
Porque não fazermos, a Deus, o mesmo que o «Senhor do Adeus» nos fazia quando passavamos ali no Saldanha, mas agradecendo-lhe nos diálogos diários com Ele!
Abraço a ambos
Marcolino
Marcolino a 6 de Dezembro de 2010 às 05:15

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
16
17
18

20
21
23

26
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO