10
Dez 10

 

 

Minguando...

 

A presença da luz do dia vai minguando

Até que o Inverno tenha lugar

Depois será um crescendo diário de luz

Para que este Inverno se torne mais ameno

Este meu velho corpo bem reclama com o frio

Por maior numero de agasalhos que vista

Saio à rua para andar lesto e divertido

Mal piso o passeio exterior encolho-me

Arrepio-me com o vento frio e intenso

Contraio-me todo até sentir mal estar

Respiro fundo e faço meia volta

Re-entro no meu edifício de dez andares

Se desci comodamente de elevador

Subo tranquilamente os degraus imensos

Que me fazem escutar o estranho ranger

Das minhas velhas articulações com artroses

Chego ao meu patamar arfando cansado

Mas de corpo novamente bem quente

Pedindo descanso em roupas mais cómodas

Uma vez equipado para este merecido descanso

Deixo-me afundar nas fofas almofadas

Inclino a cabeço para trás e deixo-me ir

Para um mundo dos que nascem e crescem sãos

Mas agora estão como os dias do Outono

Minguando...

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-12-10

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 06:04
sinto-me: a envelhecer bem feliz...!!!

Sempre corajoso, Marcolino
... e mesmo com frio, lá vai, nem que seja um pouquinho, desentorpecer, rrefecer, para logo depois aquecer... mas persistente mesmo no frio, cumpr o exercício diàrio, o que muito admiro!
Beijinho de Bom-dia,
Isabel
Isabel Maia Jácome a 10 de Dezembro de 2010 às 06:33

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
16
17
18

20
21
23

26
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO