25
Dez 10

 

Natal...não só mais um Aniversário...

 

Sim

O Natal é mais um Aniversário

De um dos Homens

Mais queridos

Mais Humanos

Mais Justos

Mais Sofridos

A quem Assassinaram

Crucificando-o numa Cruz de Madeira

Volvidos 2010 anos sobre o seu Nascimento

A 25 de Dezembro

Todos O lembramos de passagem apenas

Estando muito mais interessados

Em ver quem nos deu a melhor prendinha

Darmos beijinhos muito agradecidos

A quem nos presenteou neste Dia de Aniversário

Que não o nosso

Mas sim do de Jesus de Nazaré

Às doze badaladas em ponto

Todos correm ao Monte das Prendinhas

Num frenesim espalhafatoso

Desembrulhando atabalhoadamente

Cada prenda com o seu nome

Entre todos se tecem agradecimentos

Mas a quem nos fez ali estar reunidos

Nem nos lembramos egoisticamente

De lhe cantar

Os Parabéns a Você

De mãos dadas em circulo

À volta dessa tão lendária figura

Crucificada pela malquerença dos humanos

Jesus de Nazaré veio ao Mundo para nos dar a saber

Que dentro de cada um de nós existe um Mar de Afetos

Aberto a todos e não somente a quem o desejamos abrir

Cantemos então de mãos dadas os Parabéns a Jesus de Nazaré

Desejando-lhe muita e muita da sua presença entre nós

Não apenas neste dia do seu Aniversário

Mas também diariamente

Para que sejamos mais Solidários e Afetuosos

Do que até então ousamos ser apenas

Numa data fixa de todos os Dezembros

Para que nos deixemos de crucificar quem nos Ama

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2010-12-25

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 19:08
sinto-me: a dar os Parabéns a Jesus

Esta oração foi trabalhada num dos campos de férias em que participei.
Encontrei-a hoje, amigo Marcolino.
Que lhe dê força e alegria.
Um abraço,
JN

****************
PARAR
Como é bom parar…
Senhor, nesta hora da vida eu gostaria de parar.

Para quê tanta agitação? Para quê tanto frenesim?
Eu já não sei parar.

Eu já não sei rezar.
Fecho agora os meus olhos.

Quero falar contigo, Senhor.
Quero abrir-me ao Teu mundo.

Mas os meus olhos não querem ficar fechados.
Sinto uma agitação frenética em todo o meu corpo que corre, que anda, que busca, que se agita.

Nesta hora da vida eu gostaria de parar…Para quê tanta corrida?
Para quê tanta agitação? Eu não posso salvar o mundo.

Eu não consigo fazer aquilo que me parece importante. Eu sou apenas uma gota de água no imenso oceano da tua maravilhosa criação.

O que é verdadeiramente importante
é buscar a Tua Face bendita.

O que é verdadeiramente importante
é parar de vez em quando
e tentar dizer que Tu és a Grandeza, a Beleza
a Magnificiência, o Amor.

O que urge fazer é deixar que
Tu fales dentro de mim,
e viver na profundidade das coisas
e no continuo esforço
de Te buscar.

Autor desconhecido
João Nuno a 27 de Dezembro de 2010 às 04:07

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
16
17
18

20
21
23

26
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO