02
Jan 11

 

Acordei...

 

Sem poder saltar de mim mesmo

Saltei da minha cama lentamente

Como quem quer e não quer

Puxei os estores para cima

Meus olhos chocaram nesta cortina

Uma densa cortina feita de gotículas

Pomposamente com o nome de Nevoeiro

Sem pensar duas vezes

Resolvi pegar na minha maquina fotográfica

Para vos dar a conhecer este Amanhecer

Mesmo às portas de Lisboa

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-01-02

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 09:28
sinto-me: a dar-vos os bons-dias...!!!

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

17
19
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO