22
Fev 11

 

Onde Tu estiveres...

 

Onde Tu estiveres

Seja lá onde for

Nem que seja para além dos Céus

Não Te esqueças de mim

Não Te vejo nem alguma vez Te vi

Mas sinto-Te em todo o meu Ser

Como Vida Eterna dentro de mim

Sempre acreditei em Ti

Porque em mim tens operado Milagres

O Milagre da Vida em mim

Porque me achas capaz de não desistir

Sabes até onde irei

Tiraste-me o medo de Te seguir até lá

Nas noites geladas

Não deixas que meu corpo esfrie

Nas minhas fraquezas

Jamais me deixaste soçobrar

Todos os meus anseios justos

Tens-me ajudado a concretizá-los

Jamais me deixaste

Nem alguma vez me deixarás

Afogar em minhas lágrimas de desespero

Porque ao veres-me mergulhar nelas

Me ensinas logo o Caminho das Pedras Lisas

Como...?

Escuta meu querido Peregrino Filho de Deus

Parafraseando-te

Onde tu estiveres

Seja lá onde for

Nem que seja no teu maior desespero

Para um pouco

Olha lá para Cima para os Céus

Ergue-me os teus braços de homem de luta

Pede-me para te dar aquela serenidade humilde

Dom de todos aqueles que em Deus sabem confiar

 

Marcolino Duarte Osório 

- Peregrino -

2011-02-22

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 00:34
sinto-me: fixe...!

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
16
18
19

21
24
25

27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO