26
Fev 11

 

O Mérito...

 

Andei de lanterna em punho

Buscando o Mérito meu

Jamais consegui encontrá-lo

Porque de mim nada dizem

Resolvi então gabar-me

Dos pés à cabeça

Como se fosse outra personagem

Tanto fiz e tanto disse de mim

Que acabei ficando ainda mais só

O Mérito tem destas coisas

Principalmente o autoproclamado

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-02-26

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 08:24
sinto-me: anjinho...!

vá lá...,Marcolino... não diga isso assim... até parece que só dá valor a si próprio e que afinal é inventado!... e que ninguém mais gosta de si... o que não é verdade e bem sabe! Quantos lhe reconhecemos o tanto valor que tem!
E todos nós temos momentos em que queriamos mais e melhor de nós!É humano e louvável também.
Como tem andado?
Saudades
Isabel
Isabel Maia Jácome a 27 de Fevereiro de 2011 às 00:20

Olá, Isabel!
Grato pelo seu cuidado!
Leia-se, este texto, na terceira pessoa do singular, ou mesmo na 3ª pessoa do plural. Logo, o alvo será bem outro...! Foi uma indirecta, mas na 1ª pessoa...!
Agora, mas falando de mim, sem sofismas, poderei acrescentar que tenho andado melhor, e que o remédio tem sido o elevar da temperatura ambiente.
Consigo, tudo óptimo? Desejo que sim!
Abraço e boa semana!
Marcolino

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
16
18
19

21
24
25

27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO