09
Fev 14

Serei um barómetro

 

Serei um barómetro

Ou agirei como tal

De cada vez que o tempo alterna

Entre ensolarado e chuvoso

Entre o frio e o quente

Como estarei sempre abaixo das nuvens

Tanto me deprimo como me alegro

Quando o rei sol se esconde além nuvens

Meus lábios sempre juntos são um u invertido

Mas quando ele reaparece com o seu explendor

Meus lábios retornam à sua simpática forma

Entreabrindo-se docemente

Dando a conhecer a todos

Que tenho um sorriso tranquilo

Doce

E lindo

Serei um barómetro

Ou agirei como tal

Igualando-me a todos que me rodeiam

Sendo assim

Quero que haja sempre sol

Para que os que me rodeiam sorriam sempre

Para que as nossas vidas sejam alegres e sorridentes

Desde nenés até velhinhos…

 

 Marcolino Duarte Osório

         - Peregrino -

         2014-02-09

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 15:26
sinto-me: sempre assim

Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
22

25
26
27
28


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO