12
Fev 12

 

Fui ao Porto…

 

Fui ao Porto

Cheguei pelas 23 horas

Rumei de táxi até ao meu hotel

As luzes pelo caminho

Eram luzes diáfanas

Pelo nevoeiro que se sentia

Estava frio demais para me apear

Passear pelas ruas desertas

Que me fizeram recordar

Outros tempos

Outras e tantas e iguais noites

De certos invernos já passados

Que teimam em aparecer

Quanto o tempo não está de amores

 

© M. Osorio

 - Peregrino -

  2012-02-12

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 08:14
sinto-me: fantasma viajante...

20
Mar 11

 

Sol e Praia...

 

Este fim de semana

o senhor Rei Sol

Fez a sua reaparição em publico

Veio lesto

Bem antes do seu domínio se iniciar

Veio quentinho

Tal-qualmente todos nós o desejamos

Veio voieur

Para nos ver à beira-mar sem roupas

Veio perigoso

Com seus raios ultravioletas

Que às nossas peles seu mal poderá causar

Veio dominador

Obrigando-nos a sair de casa para o ar livre

Porque vos falo assim do senhor  Rei Sol...

Porque minha caixa de correio eletrónica

Deixou de estar cheia como de costume

Porque senti imensa necessidade

De sair deste meu apartamento

Vestido bem à vontade

Calções

T-Shirt

Sandálias a condizer

Óculos Ray Ban à aviador

Um chapéu modernaço na minha tolinha

Eita pá como fiquei lindo assim

Como se de um dia de Verão se tratasse

Mas assim sozinho minha vontade se amoleceu

Mas como vale mais SÓ

Do que MAL ACOMPANHADO

Resolvi ir sozinho por aí fora sem máquina digital

Apenas com uma firme vontade

Este ano

Este Verão

Vou divertir-me como há muito não o faço

Foram dois anos e meio de interregno

Vou nadar nas águas quentes da Costa da Caparica

Vou deitar-me ao Sol para tostar as minha brancas peles

Vou andar quilómetros sobre as areias douradas

Vou curtir noites inteiras ao som das musicas ambiente

Irei abanar o capacete com dois ou três shot's

Mas com cautela

Não vão as minhas velhas articulações estoirar de vez

Irei apenas comigo mesmo

Regressarei do mesmo modo

Quero é curtir placidamente

Com a minha Felicidade intacta

Este Verão não há quem a possa sequer beliscar

Quiçá todo o resto que me falta para viver

Sol e Praia...

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-03-20

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 09:59
sinto-me: de coração bem feliz...!!!

Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO