12
Fev 12

 

Fui ao Porto…

 

Fui ao Porto

Cheguei pelas 23 horas

Rumei de táxi até ao meu hotel

As luzes pelo caminho

Eram luzes diáfanas

Pelo nevoeiro que se sentia

Estava frio demais para me apear

Passear pelas ruas desertas

Que me fizeram recordar

Outros tempos

Outras e tantas e iguais noites

De certos invernos já passados

Que teimam em aparecer

Quanto o tempo não está de amores

 

© M. Osorio

 - Peregrino -

  2012-02-12

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 08:14
sinto-me: fantasma viajante...

02
Jan 11

 

Acordei...

 

Sem poder saltar de mim mesmo

Saltei da minha cama lentamente

Como quem quer e não quer

Puxei os estores para cima

Meus olhos chocaram nesta cortina

Uma densa cortina feita de gotículas

Pomposamente com o nome de Nevoeiro

Sem pensar duas vezes

Resolvi pegar na minha maquina fotográfica

Para vos dar a conhecer este Amanhecer

Mesmo às portas de Lisboa

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-01-02

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 09:28
sinto-me: a dar-vos os bons-dias...!!!

Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Fui ao Porto...

Acordei...

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO