16
Abr 12

 

Saí à rua…

 

Saí à rua

E regressei da rua

Entrei na minha casa

Luzes apagadas

Sem Luar lá de fora que a iluminasse

Não entrei às escuras

Entrei iluminado por dentro

Via tudo

Como o dia estivesse iluminando tudo

Pensava em ti

Pensando no todo de nós todos

Meus velhos e cansados olhos

Se entreabriram

Não desejando ofuscar-se

Com as vossas luminosidades

Devagarinho

Se foram adaptando às vossas realidades

Suspirei

Quiçá de alívio

Suspirei novamente

Certo de que vos enxergava

Soergui-me

Ciente de que as vossas presenças eram reais

Vi-te sorrir para mim

Intriguei-me

Olhei em redor

Logo vi que esta realidade estava a ser real

 

© M. Osorio

 - Peregrino -

  2012-04-16

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 23:44
sinto-me: sou feliz...!!! ;)

28
Mai 11

 

Ser Feliz...

 

Foi coisa que sempre desejei

Foi coisa que sempre a Deus exigi

Normalmente desesperadamente

Nunca com Bonança Espiritual

Chorava convulsivamente

Arranhava-me todo

Espolinhava-me

Berrava com Ele desalmadamente

Até ficar exausto

Deus Sabiamente Paciente

Deixava-me exibir assim  perante Ele

Naqueles preparos

Ele nunca se cansava

De me ver tão longe da Realidade

Eu desesperava pensando que Ele não me ligava

Um dia senti-me diferente

Parei de asneirar e pus-me manso à fala com Ele

Sabiamente e Pacientemente questionou-me

Queres mesmo ser Feliz

Sim meu Amo e Senhor eu quero ser Feliz

Já alguma vez imaginaste o que é ser Feliz

Sim ... é ter tudo o que é bom é sentir que nada me falta

Queres mesmo que te conceda o Dom da felicidade

Sim ... meu Amo e Senhor

Disse-Lhe de alma plena de Alegria e Exaltação

Olha que te concedo esse Dom mas depois não te queixes

Se me concederes esse Dom vou queixar-me de quê...

Estás preparado

Sim Meu Amo e Senhor

Então fecha teus olhos inspira e expira tranquilamente

Não sei quanto tempo se passou mas algo me havia acontecido

De bem diferente

Como te sentes agora questionou-me tranquilamente

Não Te sei dizer lá muito bem

O certo é que à minha volta nada mudou

Não deixei de ser pobre nem em rico me tornei

O Mundo continua a girar como dantes com as suas nuances

As pessoas não deixaram de ser as mesmas

Os problemas continuam a existir

As soluções apresentam-se-me bem mais lúcidas

Aí interrompeu-me com a Sua Sabedoria

Olha bem para dentro de ti mas tranquilamente disse-me Ele

Parei de argumentar para dentro de mim bem olhar

Com a Alma plena de alegria dei-me conta

Que havia deixado de ter medo de enfrentar tudo à minha volta

Porque tudo continuou na mesma

Só que em mim Ele fez mudar algo que me faz olhar

As pessoas e as coisas

A Pobreza e a riqueza

A saúde e a doença

As Junções e os Abandonos

Todos os condimentos da Vida

O frio e o calor

A fome e a fartura

Quer perca quer ganhe

Com Toda a Sua Humildade

Que eternamente Feliz me faz Sentir

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-05-28

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 06:18
sinto-me: Feliz...!!!

10
Jan 11

 

Abro-me a Deus...

 

Porque de Deus necessito

Converso com Ele

Ele me escuta serenamente

Coloco-lhe as minhas dúvidas

Suas explicações as recuso

Porque as Verdades que me revela

Não são aquelas que sempre desejei

Por isso tornei-me num infeliz

Ao recusar-me seguir as Suas Verdades

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-01-10

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 23:41
sinto-me: a recuperar...!!!

Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO