12
Mar 12

 

O meu Avô Duarte…

 

O meu Avô Duarte

Foi um Avô que me encantou

Não porque brincasse comigo

Mas sim pela sua humanidade

Foi sempre um homem reservado

Desenhador e Topógrafo de profissão

Depois do trabalho quando chegava a casa

Ao final da tarde

Sentava-se num cómodo banco

Em frente ao seu cavalete

Onde dava largas à sua Arte

Pintando sobre telas

O Amor com via o Mundo em seu redor

Quando o visitava ao final das tardes angolanas

Entrava em silêncio para o saudar

Trocavamos nossos olhares de satisfação

Recebia dele como recompensa

Uma pincelada a óleo na ponta do meu narizito

Nunca perguntei o que estaria a pintar

Porque as suas pinceladas eram tão perfeitas

Que falavam aos meus cinco sentidos

Pintava a óleo

Pintava a Pastel

Pintava a Aguarela

Desenhava a Carvão

Cedo de mais enviuvou

Escolheu vir viver connosco para não se sentir tão só

Foi nessa altura que deixou de pintar

Porque a dona Celeste musa inspiradora

Da sua Vida se apartou

A tristeza apossou-se dele

Em vez de colorir telas

Passou a ler em silêncio no seu cantinho

Fumando cigarros sobre cigarros

Olhando da nossa varanda o mar em frente

Até à linha do horizonte

Onde os rubros do Sol Angolano o saudavam

Para que despertasse da sua letargia

Para que secasse as lágrimas da tristeza infinda

Que lhe corriam faces abaixo

À espera de partir para junto da sua amada

Depressa partiu para junto dela

Alguns netos e bisnetos dele herdaram

O Património invisível da sua Arte

A Arte de reproduzir com Amor

Tudo quanto os olhos consigam abarcar

É com orgulho temperado que nos recordamos dele

Porque apesar de ser de poucas falas

Suas Obras a Óleo Pastel Carvões e Aguarelas

Falarão connosco gerações infindas

 

© M. Osorio

 - Peregrino -

  2012-03-12

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 12:25
sinto-me: com saudades de ti Avô Duarte!

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO