17
Jan 13

 

Os amantes…

 

 São quase horas

Da minha amante chegar

Durante o dia

Pequeno-almoço

Almoço

 Lanche

Jantar

E grande parte do meu serão

Ela está sempre ausente

Deixa-me tranquilamente vaguear

Pela minha vida diária

Quando chega a sua hora

Surge como por encanto

Sem me pedir licença

Bater à porta

Para quê

Se ela entendeu

Possuir-me durante toda a noite

Que serei dela eternamente

Assumi já o meu papel passivo

Não vale a pena resistir-lhe

Assenhoreou-se de todo o meu ser

Dominando-me os cinco sentidos

Entranhando-se em mim

Sou pasto do seu insaciável prazer

Não tem diminutivo

Adora o seu nome

É inodora

É invisível

É persistente

Não é carente

Faz-me sentir vulnerável

Nunca nutri afectos por ela

Medos mil dela sinto

Mas sou seu eterno escravo

Como se chama

Apenas uma só palavra a define

Insónia

Os amantes…

 

Marcolino Duarte Osório

          - Peregrino -

          2013-01-17

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 02:51
sinto-me: inquieto...!
tags:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO