04
Fev 10

Quem passa pela minha Vida...

 
Quem passa pela minha Vida
Passa sozinho
Porque quem minha Vida toca
É parte de um Amor invisível
Do Amor Fraternal e Universal
Onde cada Amor emanado
É peça única
Nunca substituindo alguma vez
Outros Amores comigo partilhados
 
Quem passa pela minha Vida
Passa sozinho
Porque quem minha Vida toca
É Parte de um Amor invisível
Que quando tem de partir
Jamais seguirá só
Porque sempre leva um pouco de mim
Alguma vez me deixará só
Que a mim deixa como herança
Sempre um pouco de si próprio
 
Quem passa pela minha Vida
Passa sozinho
Porque quem minha Vida toca
É Parte de um Amor invisível
Que a mim toca pleno do tal Amor
De mim outro tanto de Amor levará
 
Quem passa pela minha Vida
Passa sozinho
Porque quem minha Vida toca
É Parte de um Amor invisível
Que se chega a mim sem o tal Amor
Também de mim pouco ou nada levará
Porque uma Vida sem esse tal Amor
Será uma árvore sem flores e frutos
Flores anémicas sem viço e sem perfume
Transformar-se-ão em Amor sem Beleza
 
Marcolino Duarte Osório
- Peregrino -
2010-02-04
publicado por Marcolino Duarte Osorio às 22:17
sinto-me: Ser assim mesmo...!
tags: ,

Olá Marcolino!

Adorei este seu Poema! Este, sem dúvida, podia constar de uma publicação com os seus escritos, pedaços avulsos do seu Coração, da sua Forma de Pensar e Sentir! Muito bem!

Os meus Parabéns! Continue assim que só poderá colher Excelentes Frutos, além da particularidade de maravilhar quem o lê!

Abraço

Maria José
Maria José a 9 de Fevereiro de 2010 às 11:59

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
20

21
22
23
26
27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO