17
Abr 11

Imagem recolhida na Internete

 

Facebookeando...

 

Facebookeando

Resolvi aderir ao Facebook

Porque certos amigos acertados

Por ali andavam

Seus convites me enviavam

Para aderir à sua Comunidade

Resolvi aderir

Com uma certa relutância

Porque seria mais uma tarefa

Com cariz obrigatório

Absorver-me

Obrigando-me a encurtar

Meu tempo útil do meu dia-a-dia

Logo de inicio me senti desolado

Porque em vez de um olá como estás

Choveram colagens no meu Mural

Com ordens estranhas

Avessas à minha forma de estar

De principio aquiesci

Mas estas presenças nada agradáveis

Tornaram-se deveras maçadoras

Sem encanto algum

Devo ter cerca de 100 contactos

Não lhes chamarei de Amizades

É só entrar ler e sorrir

Porque as verdadeiras quando o são

Em vez de colagens a esmo

Cumprimentam

Dizem um olá como estás

Parabenizam-me no meu aniversário

Saúdam-me pelo Natal e pela Páscoa

Escrevem um abraço para ti

Escrevem um beijinho para ti

Descrevem seus afetos para comigo

Com palavras doces e mansas

Observo-vos com centenas de Amizades

Mesmo conhecendo-se pessoalmente

Aqui pelo Facebook

Tratam-se como se nunca se tivessem conhecido

Sem querer desmascaram a sua indiferença

Para quem os tem como Amizades verdadeiras

Facebook é indiferença envolta de realismo contundente

Indiferença igual a quem passa por um ser caído no passeio

Sem desejar prestar-lhe assistência

Desviando-se para passar ao lado fazendo vista grossa

Ao menos poderia pegar no telemóvel e ligar para o 112

Facebook é isolamento

Igual a quem morre sozinho sem assistência da vizinhança

Uma vez morto para que serviram estas Redes ditas Sociais

Facebook é daquelas amizades sem ninguém por perto

Alguém que passe pela nossa janela escancarada

Nos convide a sair até ao café para tertuliarmos por minutos

Facebook é uma calamitosa mentira dos Socialmente Corretos

Facebook é uma grande venda para os olhos dos distraídos

Facebook é bem o retrato desumano do momento presente

Facebook é igual à frivolidade das bonecas Barbie

 Facebook é um desmontar de quem é quem e com quem

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-04-17

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 06:34
sinto-me: facebookeando...!
tags:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15

20
23

24
25
27
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO