30
Abr 11

 

Estou-me nas tintas...

 

Estou-me nas tintas

Para quem me infernizou a vida

Colocou este Belo Portugal de cócoras

Mãos estendidas à mendicidade

E agora ainda acusa quem não deve

Dos desmandos seus cometidos de cátedra

Estou-me nas tintas

Porque me deixei de viver de cenho franzido

Perante as insolúveis problemáticas nacionais

Cuja solução nunca esteve nas minhas mãos

Estou-me nas tintas

Porque passei a dar mais atenção a mim mesmo

Saboreando os pequenos prazeres do quotidiano

O prazer de cozinhar para mim  mesmo

O prazer de escutar música pelo meu MP3

O prazer de me sentar aqui e ali saboreando um café

O prazer de passear a pé e de autocarro

O prazer de caminhar descalço pelas areias douradas

O prazer de ver diariamente o nascer deste sol risonho

O prazer de olhar diariamente o seu ocaso multicolor

O prazer de me deixar molhar pelas chuvas primaveris

O prazer de pegar na minha máquina digital

Incansável calcorrear léguas diárias captando o belo do Mundo

Pelo prazer do prazer em saborear as coisas simples

Com todo o meu prazer estou-me nas tintas...!

 

Marcolino Duarte Osório

- Peregrino -

2011-04-30

publicado por Marcolino Duarte Osorio às 16:36
sinto-me: estar nas tintas, e bem feliz!

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15

20
23

24
25
27
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO